Paulo Henrique distribui 10 mil cartilhas contra a pedofilia em Piracicaba

Paulo Henrique distribui 10 mil cartilhas contra a pedofilia em Piracicaba

Distribuição foi feita em nove pontos da cidade e contou com o apoio de 50 voluntários.

 

Piracicaba (SP) – Com o objetivo de informar e conscientizar a população para o crime de pedofilia que vem crescendo no país, o vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (PRB-SP), coordenador da campanha “Todos Contra a Pedofilia”, realizou no último sábado (16), data que antecedeu o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescente”, pedágios em 10 pontos diferentes da cidade de Piracicaba.

O evento, segundo o parlamentar republicano, foi a maior ação contra a pedofilia de Piracicaba, mobilizando cerca de 50 voluntários, que distribuíram 10 mil cartilhas com material informativo sobre o combate ao crime de abuso sexual contra crianças e adolescentes, entregues aos motoristas e pedestres que passaram pelos pedágios.

Durante os pedágios, que foram realizados no cruzamento das ruas XV de Novembro com avenida Independência,  Praça Takaki, Teatro Municipal, avenida São Paulo com rua da Glória, avenida doutor Paulo de Moraes com rua Benjamim Constant, avenida Raposo Tavares, avenida Independência com Luciano Guidotti, Praça da Matriz na Vila Rezende e no cruzamento da avenida Armando de Salles de Oliveira com Torquato da Silva Leitão, o vereador do PRB alertou que a maioria dos abusos sexuais com crianças é praticada por agressores identificáveis pela vítima. Cerca de 80% a 85% são do núcleo familiar, sendo que de 30% a 40% são pais, avós ou padrastos.

paulo-henrique-prb-campanha-contra-pedofilia-18-05-15-foto-davi-negri2“O agressor observa e acompanha a criança até encontrar o momento certo para agir. Geralmente, cria-se uma situação de domínio que, muitas vezes, impede a vítima de contar o que está acontecendo. Mais de 90% dos casos não aconteceu uma única vez, principalmente por essa proximidade entre a criança e o pedófilo, que exerce uma posição de superioridade e controle dentro ou próxima ao núcleo familiar”, alertou Paulo Henrique.

De acordo com o vereador, cada criança reage de maneira diferente, algumas contam imediatamente o ocorrido, outras podem levar anos. Segundo ele, uma grande parcela de mães, ao ter conhecimento do fato, toma providências para acabar com o abuso sexual; já outras, chegam a agredir a criança por achar que ela está mentindo; existem casos que as mães foram coniventes, chegando a participar do ato sexual com os próprios filhos.

“As crianças vítimas de abuso sexual apresentam no decorrer do tempo baixa autoestima, depressão, sentimentos de estigmatização, automarginalização, passa a ter dificuldades de relacionamento, hostilidade com pessoas do mesmo sexo do agressor, disfunções sexuais, uso abusivo de drogas licitas e ilícitas e podem chegar a se prostituírem”, comentou o parlamentar republicano.

Paulo Henrique lembrou, ainda, que o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) determina que é dever da família, da sociedade e do Estado cuidar das crianças e adolescentes. Daí a existência de uma ordem hierárquica na redação da lei, afinal, cabe primeiramente à família essa obrigação, mas quando ela não consegue garantir o direito mínimo para as crianças e adolescentes, entra em ação o Poder Público. “Muitos acham que a realização dos pedágios é uma bobagem, que a distribuição e orientação não surte efeito, mas estão enganados, depois do início da campanha aumentou o número de denúncias, a maioria dos casos registrados partem de denúncias anônimas que são apuradas com cautela pelo Conselho Tutelar”, comentou o parlamentar.

Paulo Henrique alertou que o combate à pedofilia tem início em casa, por intermédio dos pais, que devem orientar e ensinar seus filhos que não podem ser tocados por um adulto e tomar cuidado com vans escolares, professores e pessoas que tentem um contato mais íntimo, alertando que devem confiar nele e relatar qualquer ato desta natureza. “O trabalho de combate a pedofilia que estamos fazendo aqui em Piracicaba está servindo de exemplo e sendo implantados em outras cidades e estados. Vale lembrar que a casa 60 segundo uma criança é violentada no país”, disse o vereador do PRB.

O vereador foi informado que existe um comércio que alimenta a rede de pornografia infantil on-line onde fotos e vídeos de crianças são vendidos e chegam a movimentar bilhões de dólares por ano no mundo. Pais e filhos, inconscientes dos perigos da rede são presas fáceis de pedófilos. Uma criança ingenuamente não identifica um adulto se passando por um amiguinho da mesma idade.

“O computador pode ser uma arma, e os pais não têm noção do que essa máquina representa nas mãos de uma criança sozinha. A internet dá acesso a um mundo para o qual  a criança ainda não está preparada. Mesmo que o pai tenha cuidados com os sites visitados, ele precisa monitorar a criança na internet para saber com quem ela se relaciona, pois os criminosos também entram em sites inocentes, onde se passam por crianças”, falou Paulo Henrique.

As voluntárias Angélica Penatti e Giully Maciel, disseram que consideram a campanha de conscientização é muito importa e que as setes missões para o combate à violência sexual infanto – juvenil, pode ajudar os pais a detectar sintomas de que seus filhos estão sendo vítimas de abuso. Elas acreditam também que a campanha acaba inibindo a ação dos pedófilos, pois eles sabem que as pessoas estão alertas, para este crime hediondo.

Texto:  Patrícia Moraes Sant’Ana / Ascom – vereador Paulo Henrique
Foto: Davi Negri / Ascom – vereador Paulo Henrique
Edição: Agência PRB Nacional de Notícias

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest