Lançamento do Plano Safra da Pesca e Aquicultura no RS

28_1_13_destaque03_rs_lancamento_plano_safra_no_rs

 

Porto Alegre (RS) –Diante de mais de 600 convidados que lotaram a sede da Colônia Z-5, na Ilha da Pintada, em Porto Alegre, o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella (PRB), anunciou, no dia 11, investimentos previstos pelo Plano Safra da Pesca e da Aquicultura. Até 2014, deverão ser liberados mais de R$ 4 bilhões em linhas de crédito para investimentos, custeio e comercialização de pescado.

“Os gaúchos contam com a riqueza de seus rios, bacias e também com a Lagoa dos Patos. O Estado tem tudo para ser um dos maiores produtores do País, pois oferece um potencial tanto no mar quanto na terra. Esperamos que saiam daqui projetos que transformem esse potencial em produção”, destacou Crivella, ao lembrar que a liberação da verba depende da apresentação de projetos.

Com o incentivo da União, a meta é aumentar de de 30 a 40% a produção de pescado no Rio Grande do Sul até 2014. O Governo Federal pretende cadastrar até 7 mil pescadores, dos 18 mil registrados no Estado. Atualmente, são produzidas no Sul aproximadamente 86 mil toneladas de pescado. O peixe mais criado é a tilápia e a carpa.

Festa no PRB gaúcho

A presença do senador em Porto Alegre e o lançamento do Plano foram saudados pelo correligionário, deputado estadual Carlos Gomes, presidente do PRB gaúcho. “Vislumbramos nesses investimentos a possibilidade de aumentar a produção e também incentivar o consumo de pescado entre os gaúchos”, observou. A vinda de Marcelo Crivella foi prestigiada por autoridades, lideranças e militantes do partido de todo o Estado, que comemoraram o desempenho do senador republicano no alto escalão do Governo Federal.

Perspectivas para a piscicultura

O ministro defendeu o peixe de cultivo como uma alternativa para o futuro de famílias ribeirinhas de baixa renda. “Para o pequeno agricultor familiar estamos liberando empréstimos de até R$ 100 mil para a inserção do peixe no seu sistema produtivo. Mas se o pescador não estiver satisfeito com sua produção, seja no rio ou no mar, e se tiver interesse na aquicultura, também teremos o financiamento para a produção em tanque, desde a ração até a assistência técnica, para que ela possa pescar e ser aquicultor”, explicou.

Plano Safra da Pesca e Aquicultura

O Plano Safra da Pesca e Aquicultura foi lançado em 2012 para modernizar as atividades do setor e fortalecer o comércio pesqueiro afim de ampliar a oferta do pescado no mercado interno e externo. O Governo Federal espera produzir 2 milhões de toneladas por ano até 2014.

O programa prevê, entre outras ações, a assistência técnica a 120 mil famílias de pescadores; o estímulo à formação de cooperativas; a escavação de 60 mil tanques para produção de 78.750 toneladas de pescado ao ano e a criação do Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento de Novas Tecnologias. A ambição é tornar o País uma potência pesqueira e, até 2020, ser um dos maiores exportadores de pescado do mundo.

Após o anúncio do projeto, o ministro participou de um almoço na companhia de correligionários e representantes do setor pesqueiro gaúcho, além de integrantes de colônias de pescadores de diversas regiões do Estado.

Fonte e fotos: Ascom PRB-RS

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o emailpautas@prb10.org.br

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest