Baltazar rejeita plano de saúde custeado pelo Legislativo

01_08_13_destaque02_rj_baltazar_rejeita_plano_saude_custeado_legislativo_indice

Para explicar a sua decisão, o parlamentar informa que não tem plano de saúde e se tivesse pagaria com o seu salário

Volta Redonda (RJ) – O vereador Paulo Baltazar (PRB) protocolou na direção geral da Câmara Municipal de Volta Redonda, um documento pessoal abrindo mão do plano de saúde custeado pelo Legislativo. Para explicar a sua decisão, o parlamentar informa que, não tem plano de saúde e se tivesse pagaria com o seu salário. Garante que essa sempre foi sua posição.

Vale ressaltar que, assim que tomou posse do cargo, o vereador aos ser informado sobre o beneficio, se recusou a aceitar declarando que não acha justo ter um plano de saúde pago com o dinheiro público enquanto a maioria da população enfrenta total precariedade na saúde pública do município.  Segundo o vereador, além da falta constante de médicos nos postos de saúde e nos hospitais da cidade, a população luta diariamente para conseguir realizar um exame ou até uma consulta com especialista.

Em sua justificativa para não aceitar o beneficio, o parlamentar destaca ainda que, o plano pago aos vereadores de Volta Redonda se compara às viagens particulares feitas pelos ministros e presidente do Senado, em aviões oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB). Ele sugere que, o correto seria suspender o plano e cada vereador devolver aos cofres da Câmara o valor que já foi pago.

Para Baltazar, a saúde pública do município está um caos e por isso, não tem como aceitara um vereador sendo beneficiado com plano de saúde pago pela Casa. Explica que, para a população mais carente, a situação ainda é pior. Para ele, quando faltam médicos para os serviços de emergências nas principais unidades de saúde da cidade, como nos hospitais do Retiro e São João Batista (HSJB), Cais Conforto e Aterrado, Unidade Básica de Saúde (UPA) do Santo Agostinho e Posto Avançado do bairro Santa Cruz, a situação é bastante preocupante.

Segundo o parlamentar, mesmo sabendo que esse benefício já existe há algum tempo, a atual Mesa Diretoria deveria revogar o dispositivo e devolver todo o dinheiro pago aos cofres públicos. “Não é justo que a população com péssimas condições de saúde ter que pagara plano para o vereador. Plano de saúde é uma coisa particular que deve ser paga com o salário da pessoa. É assim que penso e desde o inicio não aceitei”, finaliza.

Fonte: A voz da cidade
Foto: Divulgação

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para o deputado Sérgio Reis (PRB-SP)

dep.sergioreis@camara.leg.br
ou (61) 3215.5213

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest