Coordenador Paulo André ministra curso gratuito sobre saúde pública na USP

paulo-andre-prb-saude-curso-saude-publica-usp-foto-divulgacao-23-08-2013

 

São Paulo (SP) – Para atender à demanda dos ministérios da Saúde e Educação que, desde 2007, registram um déficit na formação dos profissionais em saúde pública, a USP (Universidade de São Paulo), iniciou, na última sexta-feira (9), o curso sobre saúde na sociedade contemporânea: da teoria à prática. As aulas, ministradas pelo sanitarista Paulo André da Silva e pela professora Elisa Maria Parahyba Campos, todas às sextas-feiras, às 15h, explicam o conceito da palavra “saúde” e como ela é gerenciada dentro das políticas públicas do país. De acordo com Paulo André, a primeira coisa que vem à mente das pessoas ao falar sobre saúde é cuidar dos doentes.

“É um equívoco pensar dessa forma dentro do contexto de políticas públicas. A definição de saúde também engloba o bem-estar psíquico e social. Ou seja, a meta é ensinar os dois lados: apagar o fogo e prevenir o incêndio”, disse Paulo André, que também coordena o PRB Saúde Nacional.

No curso, o aluno aprende que deve haver um equilíbrio entre a medicina e a saúde pública. De acordo com o professor Paulo André, a primeira cuida das doenças a partir de medicamentos e vacinações; a segunda integra a promoção e manutenção do ambiente em que a pessoa se insere, por meio de ações de vigilância e intervenções governamentais.

“Apenas a segunda parte não está acontecendo. A medicina é importantíssima, mas só ela não é o suficiente. De forma exemplificada, não se pode cuidar somente do paciente que foi contaminado, se o foco da contaminação continua intacto”,  explica o republicano.

Da teoria à prática

Como toda essa teoria é colocada em prática? Segundo o sanitarista, as aulas identificam o planejamento e a manutenção de determinada ação dentro da saúde pública. A meta é desenvolver uma análise crítica não só do processo, como também, da postura dos políticos envolvidos.

“Quando se tem essa nova forma de compreensão, a pessoa consegue propor políticas, ações práticas e críticas em relação ao sistema. Na primeira aula, tentei exemplificar com o programa Mais Médicos. Destrinchamos todo o seu processo para mostrar como é feito o seu gerenciamento”, relatou o sanitarista.

Além disso, a prática aplicada nas aulas ensina aos alunos como reivindicar as leis e direitos à saúde no Brasil. “O aluno aprende como cobrar as ações dentro da Secretaria de Estado da Saúde”, observou.

Quem pode participar?

Com o objetivo de se tornar uma disciplina oficial, os estudantes de qualquer curso de graduação da área de saúde (medicina, enfermagem, odontologia, psicologia) podem participar. Além disso, é importante que as aulas estimulem um interesse maior por outras pessoas de outros cursos.  Os 12 encontros ocorrem até o final de outubro.

Fonte: Portal R7

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest