Rosangela Gomes representará Brasil em fórum da ONU

09_07_13_destaque02_rj_rosangela_gomes_representara_brasil_em_forum_do_pnud

 

Brasília (DF) – A deputada estadual Rosangela (RJ), que também é a coordenadora nacional do PRB Mulher, foi convidada para participar do fórum organizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), nos dias 16 e 17 de julho, na Cidade do Panamá, com o tema “Mulheres afrodescendentes e ação política na América Latina”. O objetivo geral do evento é contribuir para a definição de estratégias efetivas e práticas que facilitem uma maior inserção política de mulheres afrolatinoamericanas, por meio da construção coletiva de uma agenda comum.

“Foi emocionante receber o convite e confesso que o recebi com reservas porque esperava um convite desses só daqui a dez ou quinze anos. E foi em meio a um universo de mais de 50% de mulheres da nossa população, que eu, e mais outra companheira, fomos escolhidas para participar desse momento histórico”, comentou Rosangela que credencia o PRB como o responsável por essa conquista. “Eu não posso negar que quem me deu essa oportunidade foi o Partido Republicano Brasileiro, que foi uma das maiores conquistas da minha vida ao fazer parte da fundação desse partido, colhendo assinatura de porta em porta e, hoje, é uma grande alegria poder representá-lo em outro país, em uma esfera de poder como é o caso da ONU”, disse.

Rosangela comenta que a caminhada percorrida pela mulher negra na política é árdua e carece de incentivos para mudar o atual cenário de sub-representação. A baixa participação de negras em espaços de poder, segundo ela, está intimamente ligada ao limitado acesso feminino à esfera pública e ao racismo, mesmo que velado. A republicana destaca ainda que romper as barreiras depende de muito trabalho e conscientização do restante da população quanto ao combate à discriminação e à conquista da equidade de gênero e raça.

“O Brasil tem apenas 1% de parlamentares negras, é muito pouco. Mas a Colômbia, por exemplo, não tem nenhuma! Por isso, eu considero de extrema importância a realização desse evento e de se ter uma instituição tão renomada como é o PNUD, que vai analisar esse tema, nos ouvindo, a fim de identificar as dificuldades que enfrentamos para chegar ao parlamento”, avaliou.

Entre os pontos de seu discurso no PNUD, Rosangela antecipa que falará sobre o trabalho desenvolvido pelo PRB Mulher em todo o Brasil, sob a sua liderança, e que tem como principal pilar a inserção da mulher na política e sua participação direta enquanto candidata em pleitos eleitorais. Um dos resultados já alcançados se deu nas eleições do ano passado, em 2012, quando a bancada feminina republicana aumentou em mais de 43% em relação às eleições de 2010.

“Podemos aumentar a bancada feminina nos parlamentos se trabalharmos. É preciso acreditar no que se faz. Obviamente que nós, mulheres negras, temos mais dificuldades por toda a herança que carregamos e que a história por si só já conta. Mas é inegável que a população afrodescendente deu uma contribuição significativa para construir esse gigante hoje chamado Brasil”, frisa.

O fórum conta com o apoio estratégico da Área Prática de Gênero do Centro Regional PNUD para a América Latina e Caribe e terá a participação de mulheres afrodescendentes de dezessete países da América Latina. Todas elas têm se destacado pelo seu desempenho na vida política dos seus respectivos países, seja em qualquer das três esferas do governo federal, estadual, municipal, em cargos executivos de partidos políticos ou posições da administração pública. Trata-se de mulheres que têm mostrado interesse em trabalhar para facilitar, incentivar e aumentar a incidência política das mulheres afrodescendentes em espaços de tomada de decisão.

Trajetória

Rosangela Gomes foi vereadora, por três legislaturas, na cidade de Nova Iguaçu (RJ) – município onde há doze anos não havia representação feminina. Em 2000, foi a única mulher na Câmara Municipal da cidade. Em 2004, a representação passou para duas cadeiras e, em 2008, chegou-se a quatro vereadoras. Rosangela disputou uma vaga para o Senado e hoje é deputada estadual pelo PRB-RJ. Atualmente, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro ocupa uma das setenta cadeiras do parlamento e é uma das treze mulheres deputadas. É coordenadora nacional do PRB Mulher e vai realizar o 1º Congresso Nacional do PRB Mulher nos dias 8, 9 e 10 de agosto, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, que contará com a presença de caravanas vindas de todos os estados.

Por Helen Assumpção

Foto Douglas Gomes

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o emailpautas@prb10.org.br

 

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest