Regulamentação da profissão de Instrumentador Cirúrgico

Regulamentacao-da-profissao-de-Instrumentador-Cirurgico-george-hilton-prb-mg-06-06-14

George Hilton comemora rejeição de Recurso no Plenário. Projeto vai para a CCJC

 

A proposta que regulamenta a profissão de Instrumentador Cirúrgico está a um passo de virar lei. Após sete anos de tramitação nas comissões de mérito da Câmara dos Deputados, com aprovação em todas elas, foi rejeitado, hoje, no Plenário, o Recurso que impedia a remessa da matéria ao Senado Federal. A aprovação do Projeto de Lei 642/2007, de autoria do deputado George Hilton (PRB/MG), é aguardada por milhares de instrumentadores cirúrgicos de todo o Brasil.

“Estamos na luta pela regulamentação da profissão desde 2007 e conseguimos aprová-la em todas as comissões. Pensávamos que havíamos vencido a batalha, quando foi apresentado um Recurso para que a matéria fosse apreciada pelo plenário. Fiz um apelo ao Colégio de Líderes para votar o Recurso e conseguimos pautar e rejeitá-lo. É uma vitória para a Saúde Pública, pois as nossas vidas passam pelas mãos desses profissionais quando somos submetidos a procedimentos cirúrgicos. Acredito que a regulamentação vai fazer justiça e permitir que as faculdades aumentem a oferta de cursos, além da questão previdenciária. Vamos permitir a aposentadoria dos instrumentadores cirúrgicos”, afirmou o deputado e líder do PRB na Câmara, George Hilton.

A presidente da Associação Nacional de Instrumentadores Cirúrgicos (ANIC), Maria Laura Savietto Alves, disse que a votação foi bastante esperada pela categoria e que hoje é um dia histórico para os instrumentadores cirúrgicos. “Estamos muito felizes com mais essa conquista. A luta agora é para aprovar a matéria no Senado Federal”, afirmou.

O vice-presidente da Associação Nacional de Instrumentadores Cirúrgicos (ANIC), João Francisco dos Santos, lembrou que uma profissão dessa importância não pode deixar de ser regulamentada. “Quando um ser humano encontra-se com a cavidade abdominal exposta durante uma intervenção cirúrgica, por exemplo, ele não pode estar nas mãos de pessoas que não são habilitadas. É uma responsabilidade muito grande da equipe médica e dos instrumentadores que auxiliam o trabalho, pois um erro pode ser fatal”, avalia.A matéria, agora, segue para a Comissão de Constituição Cidadania e Justiça (CCJC) da Câmara dos Deputados e depois será apreciada no Senado Federal.

Por Mônica Donato – Ascom Liderança do PRB na Câmara dos Deputados
Fotos: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no novo portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o email: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest