Projeto Ciência sem fronteiras recebe Crivella na Hungria

6_03_13_destaque02_hungria_crivella_apresentado_projeto_ciencia_sem_fronteiras

 

Godollo (Hungria) – O ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella (PRB), acompanhado do Embaixador do Brasil na Hungria, Sergio Moreira Lima manteve encontros de trabalho nesta segunda-feira (04), com a Vice-Reitora de Programas Internacionais e com a Diretoria do Departamento de Aquicultura da Faculdade de Agricultura e Ciências Ambientais da Universidade de Santo Estevão, na cidade de Godollo, na Hungria.

No encontro com a Vice-Reitora, professora Erika Micheli foi realizada uma apresentação sobre a estrutura da Universidade de Santo Estevão, com especial ênfase nas áreas relacionadas à aquicultura. A Universidade húngara ressaltou o desejo em ampliar o número de estudantes brasileiros recebidos no programa “Ciência sem Fronteiras”, levando em conta, principalmente, o destaque que possui nas matérias relacionadas aos estudos dos peixes e da aquicultura aliado ao fato das aulas serem ministradas em inglês.

O ministro Crivella destacou a importância do programa e a necessidade que o Brasil possui de formar estudantes em várias áreas, principalmente no que se refere ao estudo sobre peixes, pesca e aquicultura e que a Hungria, certamente, merecerá atenção.

O diretor do Departamento de Aquicultura da Universidade de Santo Estevão, professores e cientistas húngaros explicaram para o ministro a área de atuação do Departamento, sua estrutura e profissionais envolvidos, projetos existentes e futuros, além da parceria entre a academia e o setor privado para o desenvolvimento de ações de pesquisa.

Durante o encontro foi mencionada a existência de intercâmbio entre cientistas e pesquisadores de Universidades brasileiras com a Universidade de Santo Estevão e relatada a experiência de um engenheiro do Departamento que vem desenvolvendo projetos de reprodução de peixes na região Sul do Brasil.

No fim da reunião, Crivella ressaltou o interesse no desenvolvimento de ações de melhoria genética da carpa existente no Brasil, aproveitando-se da grande experiência húngara na criação da espécie. Os representantes da Universidade sinalizaram positivamente para avanços na cooperação bilateral nessa área.

Fonte e foto: Ascom MPA

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o email pautas@prb10.org.br

 

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest