Produção de pescado em reservatórios deve ser acelerada

14_03_13_destaque01_crivella_producao_pescado_reservatorio_deve_ser_acelerada

 

O ministro Marcelo Crivella (PRB), da Pesca e Aquicultura, defendeu na manhã desta terça-feira (12), a simplificação da legislação para a criação de pescado em grandes reservatórios públicos do Brasil, de forma a aumentar a produção nacional.

A proposta foi mencionada durante a apresentação do balanço de atividades do ministério e prevê que a piscicultura seja desenvolvida, sem a necessidade de licenciamento ambiental, em apenas 0,5% da lâmina d’água dos reservatórios.  Entretanto, os criatórios, em parques aquícolas, obedeceriam a normas de sinalização, seriam monitorados e atenderiam as exigências do IBAMA quanto às espécies adequadas a cada bacia. Atualmente alguns estados, como Acre e São Paulo, já dispensam o licenciamento para projetos de aquicultura em até cinco hectares de lâmina d’água.

A medida teria grande impacto. O Brasil conta com mais de 250 grandes reservatórios públicos adequados à piscicultura, sendo que apenas alguns são aproveitados para a atividade, devido, em especial, às barreiras ambientais.  A atual produção nacional de pescado não representa nem 10% do potencial estimado pela FAO, de 20 milhões de toneladas.

Durante a apresentação, o ministro destacou que o setor pesqueiro nacional, apesar dos problemas, obteve avanços expressivos, como o lançamento do Plano Safra da Pesca e Aquicultura, que destina R$ 4,1 bilhões em crédito ao setor. Também apontou outras conquistas para os pescadores profissionais, como a nova carteira, os programas de saúde voltados para a categoria e a capacitação para a produção aquícola.

Realizações

Na apresentação os dirigentes do MPA relataram as ações de suas áreas de atuação. O secretário-executivo Átila Maia lembrou que o Ministério foi o primeiro órgão público do Governo Federal a implantar o Serviço de Informação ao Cidadão. Destacou ainda a desoneração fiscal, o incentivo à modernização da frota de pesca industrial e a inclusão da pesca e aquicultura nos financiamentos do BNDES.

A subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração Shirley Soares disse que o orçamento efetivo do ministério foi de R$ 252 milhões em 2012. Atualmente o MPA conta com 241 convênios, no valor de R$ 319 milhões.

O Secretário de Monitoramento e Controle Américo Tunes ressaltou que a sanidade pesqueira nacional está entre as mais avançadas, após a implantação da Rede Nacional e Laboratórios do MPA. Lembrou ainda o incremento de 56% no número de aquicultores inscritos no Registro Geral de Pesca (RGP) e as medidas para ampliar a fiscalização da atividade pesqueira.

A secretária de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura, Maria Fernanda Ferreira, recordou que o Plano Safra prevê, em 2013, 8.345 famílias beneficiadas com viveiros escavados e a implantação de parques aquícolas em nove reservatórios. A liberação da espécie tambaqui para criação em reservatórios do rio Tocantins, segundo ela, pode gerar uma produção de mais 750 mil toneladas, com um valor estimado em R$ 3,75 bilhões/ano.

Já o secretário de Planejamento e Ordenamento da Pesca, Flávio Bezerra, lembrou a criação de seis novos comitês de gestão e a estruturação da pesca ornamental. Ele defendeu que a gasolina para os pescadores seja subsidiada, assim como ocorre com o óleo diesel para a pesca industrial.

O secretário de Infraestrutura e Fomento, Eloy Araújo, informou que as operações de crédito para a pesca e aquicultura em 2012 ultrapassaram 19 mil contratações, somando mais de R$ 300 milhões. E destacou que as obras civis dos Terminais Pesqueiros Públicos de Salvador e Ilhéus, na Bahia, já foram concluídas. Por último, a chefe de Gabinete Margarett Cabral mostrou o intenso trabalho do ministro em diferentes áreas.

Compareceram à apresentação do balanço do primeiro ano da gestão Crivella o ex-ministro Altemir Gregolin; o presidente da Confederação Nacional dos Pescadores e Agricultores (CNPA), Abraão Lincoln; o presidente do Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura (CONEPE), Armando Bullin; e o senador Eduardo Lopes e o deputado federal Vitor Paulo, entre outras autoridades.

Confira o balanço das atividades do MPA.

Fonte e foto: Ascom MPA

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o emailpautas@prb10.org.br

 

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest