Mais peixe na merenda escolar

30_10_13_destaque03_mais_peixe_na_merenda_escolar002

Brasília (DF) – O Ministério da Pesca e Aquicultura e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) assinaram um acordo de cooperação para aumentar o consumo de pescado na alimentação escolar.

O acordo prevê a criação de um Grupo de Trabalho, capacitação dos envolvidos na alimentação (manipuladores de alimentos, gestores, nutricionistas, conselheiros, professores, fornecedores/produtores de pescado oriundo da pesca artesanal e da aquicultura familiar) e ações educacionais de  incentivo ao consumo do pescado entre crianças e jovens, por meio de cartilhas e outros materiais educativos.

30_10_13_destaque03_mais_peixe_na_merenda_escolar001

Durante a solenidade, o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella (PRB)citou trechos de um artigo publicado pela Universidade de Oxford que relata que crianças que comem frutos do mar tem melhor desempenho na escola. A pesquisa sugere ainda que o pescado seja incluído na dieta das crianças duas vezes por semana.

O ministro admitiu que o peixe ainda tem preço elevado no Brasil. Mas, lembrou que as medidas tomadas pela presidenta Dilma como o Plano Safra da Pesca e Aquicultura, o licenciamento ambiental e a desoneração do peixe vão aumentar a produção e o consumo de pescado no país, o que acarretará numa queda de preço. “Nossa meta é fazer com que o que peixe fique mais barato que o frango”, disse o ministro.

O presidente do FNDE, Antônio Corrêa destacou a importância da parceria. Para ele, também é preciso discutir investimentos em infraestrutura nas escolas para ampliar a oferta do pescado nas refeições. “É incontestável o valor nutritivo do pescado. E isso vai de encontro com as metas e objetivos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) no sentido de fornecer uma alimentação saudável para os nossos estudantes. Mas, temos que investir na infraestrutura de armazenagem nas escolas e nos cardápios para criar refeições com pescado”, afirmou.

O ministério também assinou acordo de cooperação com o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) com o objetivo de promover a pesca esportiva brasileira no mercado internacional. A Embratur vai divulgar no exterior os destinos indicados pelo ministério para a pesca esportiva.

“Esse convênio é um importante passo para que possamos em 2014 com a Copa do Mundo e depois com o crescimento do turismo constituir uma política pública relacionada a pesca amadora/esportiva que seja capaz de gerar mais empregos” disse o presidente da Embratur, Flávio Dino.

Fonte e foto: MPA

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o emailpautas@prb10.org.br

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest