Campanha “Respeite os mais velhos” é destaque no plenário

Deputado Vítor Paulo declara guerra à violência contra os idosos e pede o apoio da sociedade

“O número total de idosos no Brasil passará de 28 milhões até 2020 e o mundo deverá superar 1 bilhão de pessoas com 60 anos ou mais idade. A boa notícia traz muitos desafios, inclusive o de garantir a integridade física e psicológica dos que, às vezes já fragilizados, tornam-se vítimas da violência”, afirmou o deputado Vítor Paulo (PRB/RJ) presidente da Frente Parlamentar em Apoio ao Idoso em pronunciamento no Plenário da Câmara, em junho de 2013.

Segundo o parlamentar, é indispensável prevenir e combater a violência que se volta especificamente contra esse segmento da população. “Em 2006, a Organização das Nações Unidas designou 15 de junho como ‘Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa’. Trata-se, é claro, de uma data que nada tem de comemorativa – ao contrário, procura abrir um espaço de conscientização e denúncia”, explicou.

O deputado destacou o estudo coordenado pelo Ministério da Saúde que registrou 3.593 notificações de violência contra idosos, procedentes de 524 municípios, no ano de 2010. O próprio documento alerta, contudo, para a subnotificação, evidenciada no fato de menos de 10% dos municípios terem informado oficialmente casos de violência. “Pode-se imaginar, portanto, que o número real seja muitas vezes superior”, revelou o deputado.

De acordo com o estudo, a idade média dos idosos vítimas de violência é de 71 anos, com ligeira predominância das mulheres. Quase 80% das agressões ocorreram nas casas das vítimas, e mais da metade dos agredidos já tinha sofrido violência antes. Dois terços dos ataques a idosos foram cometidos por homens, e mais de 32% dos agressores eram filhos das vítimas. Na maioria dos casos, os autores eram familiares, parceiros conjugais e outros conhecidos dos idosos; só 15,6% das agressões foram praticadas por desconhecidos.

Na avaliação de Vítor Paulo os dados revelam um quadro grave e preocupante. “Temos uma boa legislação de proteção aos idosos, mas devemos avançar em medidas concretas para evitar a violência que muitos deles sofrem. Nesse sentido, estamos lançando a Campanha Nacional ‘Respeite os mais Velhos’ cujo objetivo é conscientizar a sociedade sobre a incidência dessa prática. Acredito que uma campanha bem conduzida, voltada principalmente para os jovens, pode coibir a violência contra os idosos e estimular o respeito e a valorização que eles merecem”, acrescentou.

O deputado lembrou que sugeriu ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a criação de espaço exclusivo para a população idosa nos Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua, nos albergues, nos abrigos públicos e nas demais modalidades de acolhimento institucional de pessoas em situação de rua. “Hoje, como a idade não é levada em conta nesses locais, muitos idosos são vítimas de maus-tratos e compelidos a pernoitar na rua”, finalizou.

Texto: Mônica Donato- Ascom Liderança do PRB na Câmara dos Deputados

Foto: Luis Macedo

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o email pautas@prb10.org.br

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest