Campanha “Respeite os mais velhos” é destaque no plenário

17_06_13_destaque03_rj_vitor_paulo_respeite_mais_velhos

Rio de Janeiro (RJ) – “O número total de idosos no Brasil passará de 28 milhões até 2020 e o mundo deverá superar 1 bilhão de pessoas com 60 anos ou mais idade. A boa notícia traz muitos desafios, inclusive o de garantir a integridade física e psicológica dos que, às vezes já fragilizados, tornam-se vítimas da violência”, afirmou o deputado Vítor Paulo (PRB/RJ) presidente da Frente Parlamentar em Apoio ao Idoso em pronunciamento no Plenário da Câmara, na última semana.

Segundo o parlamentar, é indispensável prevenir e combater a violência que se volta especificamente contra esse segmento da população. “Em 2006, a Organização das Nações Unidas designou 15 de junho como “Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa”. Trata-se, é claro, de uma data que nada tem de comemorativa – ao contrário, procura abrir um espaço de conscientização e denúncia”, explicou.

O deputado destacou o estudo coordenado pelo Ministério da Saúde que registrou 3.593 notificações de violência contra idosos, procedentes de 524 municípios, no ano de 2010. O próprio documento alerta, contudo, para a subnotificação, evidenciada no fato de menos de 10% dos municípios terem informado oficialmente casos de violência. “Pode-se imaginar, portanto, que o número real seja muitas vezes superior”, revelou o deputado.

De acordo com o estudo, a idade média dos idosos vítimas de violência é de 71 anos, com ligeira predominância das mulheres. Quase 80% das agressões ocorreram nas casas das vítimas, e mais da metade dos agredidos já tinha sofrido violência antes. Dois terços dos ataques a idosos foram cometidos por homens, e mais de 32% dos agressores eram filhos das vítimas. Na maioria dos casos, os autores eram familiares, parceiros conjugais e outros conhecidos dos idosos; só 15,6% das agressões foram praticadas por desconhecidos.

Na avaliação de Vítor Paulo os dados revelam um quadro grave e preocupante. “Temos uma boa legislação de proteção aos idosos, mas devemos avançar em medidas concretas para evitar a violência que muitos deles sofrem. Nesse sentido, estamos lançando a Campanha Nacional “Respeite os mais Velhos” cujo objetivo é conscientizar a sociedade sobre a incidência dessa prática. Acredito que uma campanha bem conduzida, voltada principalmente para os jovens, pode coibir a violência contra os idosos e estimular o respeito e a valorização que eles merecem”, acrescentou.

O deputado lembrou que sugeriu ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a criação de espaço exclusivo para a população idosa nos Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua, nos albergues, nos abrigos públicos e nas demais modalidades de acolhimento institucional de pessoas em situação de rua. “Hoje, como a idade não é levada em conta nesses locais, muitos idosos são vítimas de maus-tratos e compelidos a pernoitar na rua”, finalizou.

Texto: Mônica Donato – Ascom Liderança do PRB na Câmara dos Deputados
Foto: Luis Macedo

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o email pautas@prb10.org.br

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest