Assembleia Legislativa discute reparações aos filhos de portadores da Hanseníase

11_12_13_atuacao01_ba_assembleia_legislativa_discute_reparacoes_aos_filhos_de_portadores_da_hanseniase

Salvador (BA) – Cento e cinquenta pessoas compareceram a sessão especial que tratou das reparações financeiras aos filhos dos portadores de Hanseníase que foram compulsoriamente separados dos pais. A audiência proposta pelo deputado estadual Sidelvan Nóbrega (PRB) contou com a presença de Ceuci Nunes, representando a superintendência epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde, Alexandre Barone, superintendente da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Thiago Flores e Názaro Costa do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), Jorge Jambeiro, médico especialista na área, portadores da doença e familiares.

O evento foi realizado no Plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, no último dia 6, e levantou questões como a orfandade e os traumas de quem cresceu longe dos pais, além do valor oferecido pelo Governo Federal para reparar os filhos colocados para a adoção ou que cresceram em educandários, enquanto os pais eram obrigados a viver isolados nos hospitais-colônias. Thiago Flores, da Comissão dos Filhos Separados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Republica, alegou o valor insuficiente para reparar os danos causados por essa separação imposta pela política governamental que perdurou entre a década de 20 e 80. Ele também se preocupa com o atendimento aos portadores de Hanseníase do Sul da Bahia, que não possuem hospitais qualificados para tratar a doença na região e viajam até Minas Gerais para receber o tratamento, superlotando as unidades médicas do Estado vizinho.

Alexandre Barone, que estava representando o secretário Almiro Sena (SJCDH), disse que o Governo apoia a causa e acolhe os portadores da doença. Ceuci Nunes, que também é diretora do Hospital Couto Maia, referência no tratamento da Hanseníase na capital baiana se mostrou solidária a causa. O filho de um portador de Hanseníase foi chamado para compor a mesa e emocionou os visitantes com as histórias que contou do período que viveu no educandário frisando os maus tratos do qual foi vítima.

A sessão especial, da última sexta-feira, foi primeira a tratar do assunto na Bahia. O parlamentar demonstrou apoio aos portadores e a todos que sofreram com o isolamento compulsório e aderiu a essa batalha, se colocando a disposição para ajudar inclusive pedindo apoio de outras instâncias do Governo, apresentando as dificuldades exposta na sessão aos deputados federais e senadores.

Homenagem

No início da sessão, logo após compor a mesa, o deputado Sidelvan solicitou um minuto de silêncio em homenagem ao primeiro presidente negro da África do Sul, Nelson Mandela, que faleceu na quinta-feira, aos 95 anos de idade. Sidelvan lembrou a importância do líder sul africano que combateu a Apartheid, “figura política que lutou contra o racismo, de grande importância para o Brasil, especialmente para o Estado da Bahia”.

Texto e foto: Assessoria de imprensa do deputado Sidelvan Nóbrega

Edição: Helen Assumpção – Comunicação Nacional do PRB

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o email pautas@prb10.org.br

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para o vereador Atílio Francisco (PRB-SP)

atiliofrancisco@camara.sp.gov.br
(11) 3396-4434

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest