Assembleia Legislativa discute reparações aos filhos de portadores da Hanseníase

11_12_13_atuacao01_ba_assembleia_legislativa_discute_reparacoes_aos_filhos_de_portadores_da_hanseniase

Salvador (BA) – Cento e cinquenta pessoas compareceram a sessão especial que tratou das reparações financeiras aos filhos dos portadores de Hanseníase que foram compulsoriamente separados dos pais. A audiência proposta pelo deputado estadual Sidelvan Nóbrega (PRB) contou com a presença de Ceuci Nunes, representando a superintendência epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde, Alexandre Barone, superintendente da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Thiago Flores e Názaro Costa do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan), Jorge Jambeiro, médico especialista na área, portadores da doença e familiares.

O evento foi realizado no Plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, no último dia 6, e levantou questões como a orfandade e os traumas de quem cresceu longe dos pais, além do valor oferecido pelo Governo Federal para reparar os filhos colocados para a adoção ou que cresceram em educandários, enquanto os pais eram obrigados a viver isolados nos hospitais-colônias. Thiago Flores, da Comissão dos Filhos Separados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Republica, alegou o valor insuficiente para reparar os danos causados por essa separação imposta pela política governamental que perdurou entre a década de 20 e 80. Ele também se preocupa com o atendimento aos portadores de Hanseníase do Sul da Bahia, que não possuem hospitais qualificados para tratar a doença na região e viajam até Minas Gerais para receber o tratamento, superlotando as unidades médicas do Estado vizinho.

Alexandre Barone, que estava representando o secretário Almiro Sena (SJCDH), disse que o Governo apoia a causa e acolhe os portadores da doença. Ceuci Nunes, que também é diretora do Hospital Couto Maia, referência no tratamento da Hanseníase na capital baiana se mostrou solidária a causa. O filho de um portador de Hanseníase foi chamado para compor a mesa e emocionou os visitantes com as histórias que contou do período que viveu no educandário frisando os maus tratos do qual foi vítima.

A sessão especial, da última sexta-feira, foi primeira a tratar do assunto na Bahia. O parlamentar demonstrou apoio aos portadores e a todos que sofreram com o isolamento compulsório e aderiu a essa batalha, se colocando a disposição para ajudar inclusive pedindo apoio de outras instâncias do Governo, apresentando as dificuldades exposta na sessão aos deputados federais e senadores.

Homenagem

No início da sessão, logo após compor a mesa, o deputado Sidelvan solicitou um minuto de silêncio em homenagem ao primeiro presidente negro da África do Sul, Nelson Mandela, que faleceu na quinta-feira, aos 95 anos de idade. Sidelvan lembrou a importância do líder sul africano que combateu a Apartheid, “figura política que lutou contra o racismo, de grande importância para o Brasil, especialmente para o Estado da Bahia”.

Texto e foto: Assessoria de imprensa do deputado Sidelvan Nóbrega

Edição: Helen Assumpção – Comunicação Nacional do PRB

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o email pautas@prb10.org.br

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest