60 anos da Rede Record é destaque no Congresso Nacional

25_09_13_destaque01_rede_record_congresso_nacional001

Brasília (DF) – Na manhã desta terça-feira (24), o Congresso Nacional realizou uma Sessão Solene para comemorar os 60 anos de fundação da Rede Record de Televisão. A homenagem à emissora de TV mais antiga em atividade no país foi proposta pelo senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) e pelo deputado federal Antônio Bulhões (PRB-SP).

Para o senador Eduardo Lopes é uma honra saber que a emissora que mais cresce tem tanta credibilidade e prestígio.  “Em nome da Record eu me sinto honrado porque uma sessão em uma terça-feira de manhã é algo excepcional, isso mostra o prestígio que a emissora tem junto ao Congresso Nacional. Pedimos ao presidente, Renan Calheiros, que fosse especialmente na terça-feira pra que desce condições para os parlamentares prestigiarem, nos sabemos o quanto na segunda-feira é difícil para os deputados estarem aqui, e isso foi concedido pelo presidente. Agradeço a presença dos parlamentares, senadores. Eu parabenizo a Record, seus colaboradores e todos que participaram da solenidade”.

Segundo Bulhões, é importante que o Congresso pare diante de fatos monumentais como o aniversário de 60 anos da Rede Record de Televisão. “Propomos essa sessão solene porque a história da Record se confunde com a história da televisão brasileira. A emissora tem feito seu papel que é informar a realidade do cotidiano, a Record conquistou maturidade e credibilidade ao longo de seis décadas”.

Na opinião do ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella (PRB), o Congresso consagrou de maneira majestosa os 60 anos da emissora e o trabalho de tantos brasileiros anônimos que trabalham dia e noite para oferecer uma programação de qualidade.

“A Record representa toda criatividade, inteligência, capacidade tecnológica, representa o povo brasileiro, ela é genuinamente brasileira é a alma do Brasil que a gente vê na Record”, ressaltou Crivella.

O deputado federal e líder do PRB na Câmara, George Hilton, parabenizou o Congresso pela homenagem. “A TV Record inovou ao longo desses 60 anos com um jornalismo de credibilidade, e é hoje uma marca nacional e internacional. E o Congresso, que é a casa do povo, é a casa onde a sociedade se vê representada, é mais do que justo esse reconhecimento da força e do papel que a Record representa para todos nós”.

O presidente da Rede Record de Televisão, Luiz Claudio Costa, lembrou dos investimentos que a emissora tem feito ao longo dos anos para levar uma programação de qualidade aos telespectadores. “Continuamos investindo, não medimos esforços para levar a verdade. A Record tem orgulho de fazer uma TV do jeito que o povo gosta”, afirmou.

Em seu discurso, o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que “não foi somente o futebol que se popularizou através da Rede Record, mas os grandes festivais de música”. Segundo ele, “a iniciativa da Record mudou o cenário musical do nosso País”.

A senadora Ana Amélia (PP-RS) homenageou a jornalista do Jornal da Record, Christina Lemos, e destacou o trabalho da Rede Record no Estado do Rio Grande do Sul.

Já o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) parabenizou a Record pelo serviço prestado em Rondônia.

Entre as autoridades presentes estava o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, que já figurou entre os executivos da emissora no período de 2002 a 2010, tendo ocupados os cargos de diretor de rede, vice-presidente executivo e vice-presidente de Relações Institucionais.

25_09_13_destaque01_rede_record_congresso_nacional002Participaram ainda Marcio Novaes, diretor coorporativo da Rede Record; o presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert), Daniel Slavieiro; o senador Henrique Alves, presidente da Câmara dos Deputados; Alexandre Padilha, ministro da Saúde e demais autoridades, além de artistas e colaboradores da emissora e convidados.

História

A TV Record deu início às transmissões em 27 de setembro de 1953 com um programa musical. Mas a emissora foi além e investiu em esporte, entretenimento e notícias, sendo a única emissora a transmitir ao vivo a festa de inauguração de Brasília, em 1960.

Desde 1990, a emissora é comandada pelo bispo Edir Macedo, que assumiu o controle acionário da TV, época que passou a se chamar Rede Record de Televisão.

A nova fase marcou a formação de uma rede nacional de emissoras e a ampliação da grade de programação, com a criação do REC 9 – estúdio de gravação de novelas, a Record News e o Portal de Notícias da Record, o R7.

A Record tem 107 emissoras afiliadas no País e tem o sinal transmitido para mais de 150 países.

Por Eulla Carvalho – Comunicação Nacional PRB

Com informações do R7

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o email pautas@prb10.org.br

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest