Ruy Muniz

 4_2_13_entrevista_da_semana_mg_ruy_muniz

 

Aos 52 anos, Ruy Muniz poderia se considerar um homem realizado. Casado, pai de quatro filhos, tem um família que o apoia e faz sua vida plena. Empresário de sucesso no ramo da educação e saúde, pode se dar ao luxo de dispensar preocupações com o futuro pessoal.  Bom de conversa e com ampla rede de relacionamentos, é considerado uma pessoa de muitos amigos. Mas se tem uma coisa que o incomoda é ver que sua Montes Claros, em particular, e Minas Gerais e o Brasil, no geral, poderiam estar muito melhor.  Foi isso que o motivou a iniciar uma vida pública, tomando como exemplo José Alencar (este também um empresário de renome internacional que teve atuação destacada na política), e se candidatando a prefeito na quinta maior cidade de Minas. Disposto a fazer uma gestão moderna e ousada, Ruy Muniz assumiu já tendo que enfrentar uma das mais fortes enxurradas que atingiram a cidade devido às chuvas intensas. Desanimador? Para ele nem um pouco. Onde muitos veem o copo vazio, o prefeito republicano enxerga oportunidades de promover as mudanças que fazem parte de seu programa de governo.  E o faz de olho no futuro, dispensando falsas modéstias e mirando no Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro.  Para isso, vê o PRB como instrumento da nova política. Uma política 10, como a administração que se propõe fazer.

 

PRB – Por que ser prefeito?

Ruy Muniz –Em primeiro lugar, para levar minha experiência vencedora no setor público para o setor privado. Eu posso me considerar uma pessoa vencedora em minhas atividades no setor privado. Tive a oportunidade de recuperar empresas, de recuperar instituições de ensino e quero usar essa experiência na recuperação do setor público de minha cidade. Que não é uma cidade pequena. Montes Claros é a 5ª maior cidade do meu estado (Minas Gerais). Então quando você me pergunta “por que quero ser prefeito?”, respondo sem hesitar, porque pela experiência que tenho na recuperação e na formação, por exemplo, de profissionais de saúde, acredito ter condições de colaborar na transformação de minha cidade em uma referência não só para Minas como para todo o Brasil. A mesma coisa em Educação, onde planejo implantar em Montes Claros um sistema de educação integral que vai fazer com que nossas crianças sejam realmente grandes quando crescer. Grandes na inteligência e na capacidade. E, para isso, vou implantar esse sistema, a partir de março, não só na área urbana, como também na rural da cidade. Resumindo, quero ser prefeito para servir ao meu povo e fazer minha cidade avançar. E com esse avanço mostrar ao meu estado o que posso fazer quando for governador de Minas Gerais, quando pretendo recuperar meu estado e colocá-lo em seu devido lugar. Observe que Minas é um estado forte, que em questão territorial é maior que São Paulo. Temos mais recursos minerais do que São Paulo. Mas por que estamos tão atrás de São Paulo? Por que a economia de São Paulo é oito vezes maior do que a de Minas?  Minas precisa se industrializar mais, levar esse desenvolvimento para o interior. Precisamos diversificar nossa capacidade produtiva e não deixá-la tão dependente do setor de mineração. Observe que 70% da nossa economia é mineração. Então, voltando a sua pergunta inicial, quero ser prefeito para aplicar técnicas eficientes e eficazes de gestão do setor privado no setor público. Por que as coisas têm que custar, duas, três, quatro vezes mais caras no setor público? Vamos mudar isso. Por que existe esse mito que o funcionário público não trabalha, se nós sabemos que ele trabalha sim e é competente. Então, temos que modernizar a gestão de forma a dar transparência a esse trabalhador do funcionalismo público. E vamos fazer isso, mostrando o jeito republicano de administrar a cidade, o estado, a Nação.

 

PRB – O senhor falou em jeito republicano. Como o PRB entrou em sua vida?

Ruy Muniz –O PRB entrou na minha vida pelo exemplo magnifico que foi José Alencar para o Brasil. De um pequeno comerciante de tecidos na Zona da Mata mineira, ele se transformou em empresário de reconhecimento mundial. E a história dele está intimamente ligada a de Montes Claros. Por meio de um conhecido monteclarense, ele ficou sabendo das condições diferenciadas de financiamento para empreendedores na região do norte de Minas, via Sudene, que oferecia os mesmos privilégios do Nordeste brasileiro. Esse empresário local o convidou para montar uma fábrica de tecidos e, como resultado, surgiu a Coteminas que, de Montes Claros, virou a maior empresa de tecido do mundo. Após esse período, onde se tornou um empresário de sucesso reconhecido mundialmente, José Alencar resolveu que era hora também de servir ao seu País. E foi senador, oito anos vice-presidente do Lula. Teve coragem de apontar onde o Brasil teria que caminhar, com juros mais baixos, menor carga tributária. E ainda, a visão de apostar em uma nova proposta política, ao ser um dos fundadores do PRB. Então, o exemplo de Alencar, que foi um empresário de sucesso, que resolveu dar sua cota de competência e experiência para ajudar o Brasil, me motivou. Sou um empresário de sucesso, no ramo da educação e saúde, e vou dar minha cota para o desenvolvimento de meu País. E encontrei no PRB um partido que me acolheu sem as vaidades dos outros partidos, que muitas vezes não gostam de pessoas vencedoras, mas de pessoas obedientes. Que digam sempre sim. Eu encontrei um partido que me deu espaço para fazer uma campanha livre, bonita, propositiva, pacífica, calcada em valores morais, que mantenho inclusive no meu âmbito familiar. E para completar, além de todas essas vantagens, o PRB tem um número maravilhoso: dez. O número da excelência, que é que devemos sempre buscar em todas as atividades de nossa vida. O nosso desafio é o de promover a prosperidade de todo o País. Eu vejo o PRB como o instrumento para servir a todos, principalmente a quem mais precisa, com respeito à coisa pública, com eficiência na administração. É possível ter um Brasil próspero e esses prefeitos eleitos pelo PRB vão mostrar de forma clara isso. Vamos mostrar um modelo de gestão e eu quero ser um dos artífices que vão contribuir na elaboração desse modelo.

 

PRB – O senhor assumiu enfrentando uma dificuldade com as fortes chuvas que atingiram sua cidade e a região do norte mineiro. Mas o senhor, ao contrário de mostrar desânimo, chegou a afirmar que isso era uma oportunidade. Deu pra fazer desse limão amargo uma limonada?

Ruy Muniz –Essa é uma oportunidade de exercer efetivamente meu mandato. Eu assumi uma cidade em situação financeira difícil, quase caótica. Eu falei para o povo que não iria reclamar, pois sabia o problema que estava enfrentando. Eu me propus a recuperá-la, e em breve, em quatro meses, deixaria as contas em dia e que em um ano começaria a tocar novas obras. Assumi o desafio de executar pelo menos uma obra por mês nesse meu primeiro ano. E depois aumentar essa velocidade. Quando assumimos tivemos uma chuva muito forte, com tromba d’agua. Mais de 175 milímetros de chuva em apenas 11 horas, inundando a cidade que não estava preparada para isso. Qualquer pessoa que não se sentisse preparada iria ver isso como um castigo. Eu reconheci a oportunidade de mobilizar a cidade, associações, órgãos, empresas, pessoas de bem, e socorremos as pessoas que estavam necessitando. Contei com o apoio da Defesa Civil estadual e até apoio federal. Agora, passada essa fase de assistência emergencial, estamos concluindo o plano de recuperação do que foi distribuído e vamos buscar os recursos agora para fazer a recuperação de Montes Claros. Depois, vamos fazer o plano de contenção, para prevenirmos futuras enchentes e problemas similares. Com planejamento, otimismo, parceria e atenção às pessoas, é possível encontrar solução para todos os problemas. Não pense em resolver todos os problemas de uma vez, mas um de cada vez. Para fazer uma grande caminhada é preciso dar um passo de cada vez. Eu sou um otimista, pois a maior dádiva que um homem pode ter é a vida. E se você viver de forma coerente e harmoniosa com as pessoas, amando-as e servindo-as, você será abençoado. E com a benção divina podemos conseguir tudo que queremos.

Por Paulo Gusmão – Comunicação Nacional do PRB

Foto: Douglas Gomes

 

 

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest