Com campanha nas ruas, Francisca Basílio representa mais dignidade ao povo do interior

Em pesquisas internas, Francisca Basílio deixa para trás outros três candidatos e disputa a prefeitura com reais chances de ganhar.

Em pesquisas internas, Francisca Basílio deixa para trás outros três candidatos e disputa a prefeitura com reais chances de vitória no dia 2 de outubro

Única mulher entre os cincos nomes que disputam a Prefeitura de Acrelândia, no Acre, neste ano, a republicana Francisca Basílio (PRB) nunca foi de ficar em casa enquanto as pessoas estavam precisando de ajuda. De origem simples, ela foi criada na zona rural e somente aos 14 anos de idade teve a oportunidade de frequentar a escola.

Com 43 anos, casada há 28 anos e mãe de quatros filhos, Francisca foi candidata a vereadora em 2008 e disputou as eleições para deputada estadual em 2014. Agora, ela conta com o apoio do DEM e PR para governar o município a partir de 2017.

Como principal proposta de governo está o apoio efetivo ao produtor rural, com a melhoria das estradas rurais, necessária para o escoamento da produção, e a geração de emprego e renda no município. Melhorias nas áreas de saúde, educação e infraestrutura também estão entre as prioridades da candidata. Confira a entrevista que a republicana concedeu à Agência PRB Nacional.

 

ENTREVISTA

francisca-basilio-prb-pre-candidata-prefeita-acrelandia-foto2-ascom-26-08-2016.jpgAgência PRB – Quais são os partidos que apoiam sua candidatura em Acrelândia?

Francisca Basílio – O nome da coligação é “Produzir para empregar” e temos o PRB, PR e DEM na base de apoio. O candidato a vice é o atual prefeito da cidade, José Donizete. Ele assumiu a prefeitura após o afastamento do prefeito eleito em 2012 por improbidade administrativa. Nossa campanha está nas ruas conversando com as pessoas e ganhando muito apoio. Só para se uma ter ideia, nossa coligação para vereador é a maior entre as cinco candidaturas da cidade. Do PRB, temos 12 candidatos a vereador, 3 do PR e 3 do Democratas, somando ao todo 18 nomes para a disputa da Câmara Municipal. 

 

Agência PRB – Vamos direto ao ponto: Quais são as principais propostas do seu plano de governo?

Francisca Basílio Nós estamos determinados em promover desenvolvimento econômico com qualidade de vida, aplicando corretamente o dinheiro público e utilizando com responsabilidade os recursos naturais da nossa terra. Além disso, temos propostas para melhorar o atendimento na saúde, fortalecer a agricultura e levar infraestrutura para a cidade e o campo. A situação no município está muito difícil e nós construímos um plano real. Acreditamos que é preciso fortalecer a produção local tanto na agricultura quanto na bacia leiteira, já que são as duas áreas de grande potencial da nossa terra. Então, nós estamos trabalhando para criar mais empregos, gerar renda e melhorar a qualidade de vida da população.

 

Agência PRB – Como pretende trabalhar para promover o desenvolvimento do município?

Francisca Basílio Temos que aumentar a produção de banana e oferecer uma assistência técnica eficiente aos produtores rurais. Os nossos trabalhadores estão abandonados e, por isso, precisamos atender os ramais (comunidades rurais) com mais qualidade. A maior dificuldade é com o escoamento da produção. Tudo aqui é muito difícil porque quando está na época das chuvas, não tem como tirar a banana do interior e levar para cidade. Não tem estrada, faltam pontes e transporte adequado para levar a produção. Outra coisa que vamos fazer é garantir a infraestrutura adequada das estradas e também implantar uma política de preços. Os produtores têm de pagar 12% de imposto sobre a produção e nosso governo tem o compromisso de rever isso. O produtor é que mais trabalha e o que menos ganha no processo todo. Nossa proposta para o setor consiste em reduzir o imposto para o valor mínimo de 1,8% e criar uma indústria de beneficiamento da banana com a produção de doce e outros produtos da fruta, gerando mais empregos na cidade.

 

Agência PRB – O que a senhora tem dito à população de Acrelândia?

Francisca Basílio Eu falo com o coração e uma vontade imensa de ser prefeita para ajudar o povo a ter uma vida melhor. De primeira mão, já informo logo que nós temos um plano de governo diferenciado dos demais. Muitos dos candidatos não têm nenhuma proposta real para o município, mas nós desenvolvemos propostas que vão ao encontro dos anseios da população. Não fazemos promessa, nós temos compromisso com o povo. Defendemos projetos viáveis, ‘pé no chão’, que a prefeitura tem condição de fazer. Quando eu chego nas casas, as pessoas estão ansiosas por mudanças que tragam melhorias e eu digo que estou chegando por uma condição melhor para o nosso município tanto na saúde, quanto na educação. Ao invés da gente só pedir voto, eu abordo as pessoas fazendo perguntas e buscando uma reflexão sobre como o futuro pode ser diferente. O que precisa ser feito? Qual a maior dificuldade enfrentada por vocês? Então, essas são as minhas falas. Quando as pessoas sabem que estou chegando, elas vão com alegria me receber na porta, ao contrário dos demais candidatos que estão levando porta fechada na cara. Estamos andando por todo o município, debaixo de um sol intenso. Saio de casa bem cedinho e só volto para casa à noite, levando esperança de dias melhores para o povo de Acrelândia.

 

Agência PRB – Na sua avaliação, qual a situação de Acrelândia nesse momento?

Francisca Basílio – A situação está muito difícil por aqui, prova disso é que o prefeito não é candidato à reeleição. A administração dele foi uma das piores que Acrelândia já viu e isso tem causado o sofrimento do povo desde o primeiro dia de mandato. Na verdade, desde 2009 nosso município vem passando por muitos problemas por conta da cassação do prefeito à época. Em 2012, as pessoas tinham a esperança de que a situação poderia mudar, mas nada disso aconteceu e o atual prefeito não conseguiu fazer o município desenvolver. Hoje, nós vivemos uma situação bastante complicada. Para se ter uma ideia, boa parte da economia é movimentada pela produção rural e nem estradas a gente tem para levar os produtos para a cidade. Se chove aqui, não tem como ninguém sair dos ramais (comunidades rurais), até os carros com tração nas quatro rodas ficam presos nas estradas. Para piorar, os servidores ficaram vários meses sem receber salários e as famílias estão numa situação difícil. O prefeito afastado não soube fazer o nosso município desenvolver e nem fez o mínimo nas áreas de saúde, educação e conservação das estradas. Eu sempre digo que se as estradas estão boas, temos saúde, educação e renda para o povo. Se chove e uma pessoa adoece no interior, a ambulância não tem como buscar, isso sem falar nos alunos que não têm como ir para escola.

 

Agência PRB – Quais devem ser as prioridades para os próximos quatros anos?

Francisca Basílio Acrelândia é um município pequeno, com aproximadamente 9 mil eleitores e cerca de 17 mil habitantes. O que desejo é fortalecer a agricultura familiar, oferecendo todas as condições possíveis para que o município possa se desenvolver. Penso que a prioridade inicial é a recuperação das estradas, que asseguram aos produtores a garantia de comercialização da produção, até mesmo para a prefeitura. Na educação, os profissionais são competentes mas o que prejudica são as dificuldades enfrentadas pelo Sistema de Transporte Escolar de alunos, provocadas pelas péssimas condições das estradas. Os estudantes têm perdido muitas aulas por conta de ônibus quebrado e não conseguem passar de ano.

 

francisca-basilio-prb-pre-candidata-prefeita-acrelandia-foto1-ascom-26-08-2016.jpgAgência PRB – No seu Facebook, tem uma foto sua no seringal. A sua origem também passou pelo trabalho rural? 

Francisca Basílio – Eu nasci e fui criada no seringal. Meu pai, minha mãe e meus 12 irmãos, todos nós, fomos criados no seringal mesmo. Meu pai era seringueiro e os filhos seguiram o mesmo caminho para ajudar a sustentar a família. Então, eu cortei muitas seringueiras, colhi muito látex e participei de toda a produção extrativista aqui na região. Isso tudo a gente fez, meu pai plantava feijão, arroz, mandioca e tudo que era possível produzir na roça. Depois que eu já estava com 14 anos, resolvi estudar. Fui para a cidade e, até então, nunca tinha estudado, não sabia nada de escola. Era muito difícil naquela época. No seringal não tinha nenhum colégio perto e se a gente fosse visitar um vizinho tinha que ir armado porque senão as onças pegavam a gente no caminho. Foi assim que começou minha história. Já aqui na cidade, trabalho na Secretaria Estadual de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar desde 2013. Tenho uma atuação muito grande na área social, gosto de ajudar as pessoas, além de cuidar da minha família.

 

Agência PRB – Conte-nos como iniciou sua carreira política.

Francisca Basílio Eu aceitei o desafio de entrar para a política em 2008 quando fui candidata a vereadora e consegui ficar como suplente. Em 2011, tive a oportunidade de assumir o cargo por conta do afastamento do vereador titular, mas como eu já era pré-candidata a prefeita, decidi não assumir para ficar apenas seis meses no cargo e de alguma forma prejudicar a campanha. Mesmo com cinco candidatos, nós conseguimos alcançar uma excelente votação, ficando em terceiro lugar, a poucos votos do segundo colocado. Em 2014, me candidatei a deputada estadual, obtendo também uma excelente votação na cidade e em toda a região. Mesmo não sendo eleita, consegui ajudar muito o povo com a nossa parceria com o governo estadual, e agora estamos novamente com a nossa candidatura a prefeita de Acrelândia. Tenho andado todo o município e a aceitação tem sido muito boa. O povo quer mudança de verdade e isso vai acontecer se eu for eleita.

 

Agência PRB – Para concluir, fale por que a população de Acrelândia deve eleger a senhora como prefeita?

Francisca Basílio O que eu tenho no meu coração para fazer pelo município é algo muito bom. Se a gente olhar para os demais candidatos, acredito que nenhum deles têm no coração o sentimento que tenho para realizar em prol do povo. O que eu quero fazer em Acrelândia é muito intenso, muita transformação social. Sinto que Deus colocou isso no meu coração, é essa motivação que tem feito eu ir para ruas e falar com o povo dessa nova Acrelândia que a gente pode construir. O povo acredita na gente porque eu procuro fazer a diferença aqui no município. A população confia em mim, o povo sabe que, se eleita, vou fazer de tudo para melhorar a vida do povo e realizar aquilo que eles realmente precisam.

Por Agência PRB Nacional
Foto: Ascom – PRB Acre

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest