“Acará não precisa de políticos que só pensam neles e esquecem do povo”, afirma Naya

Naya nasceu na comunidade rural de Boa Vista e de lá nunca saiu. Ela conhece a realidade no interior e agora quer fazer mais pelo povo do Acará.

Naya nasceu na comunidade rural de Boa Vista e de lá nunca saiu. Ela conhece a realidade no interior e agora quer fazer mais pelo povo do Acará.

A entrevista desta semana é com uma mulher de muita força e determinação em fazer a boa política no município do Acará, situado a 65 km da capital Belém, no Pará. Conversamos com a republicana Naya Nascimento, que é o nome do PRB para disputar a prefeitura do município nas eleições deste ano.

Vereadora de dois mandados seguidos, entre 2004 e 2012, professora por mais de 17 anos, mãe de dois filhos, liderança comunitária e neta de dona Zita – a primeira mulher eleita vereadora no Acará, Naya tem história de serviços prestados ao povo e conta com o apoio do PRB para levar mais desenvolvimento e qualidade de vida para a população do município.

 

Agência PRB Nacional: Naya, o lançamento da sua pré-candidatura já foi feito? Quando e como foi?

Naya Nascimento: Sim, o evento foi realizado no dia 14 de maio e contou com a participação de várias lideranças políticas da cidade, como a presença do vereador Pastor Raul Batista da capital Belém e da secretária-geral do PRB Pará, Silvana Santos.. O lançamento foi realizado na sede do PRB aqui, em Acará, com a participação de 300 pessoas, entre lideranças e pré-candidatos a vereador do PRB. Foi um evento muito bom, eu saí de lá fortalecida pela qualidade das pessoas que estavam presentes. Nós lançamos também as pré-candidaturas dos nomes para a Câmara Municipal. O meu sentimento é de agradecimento pela sinceridade e a confiança depositada no nosso projeto de desenvolvimento para o Acará.

 

Agência PRB Nacional: Por que você aceitou esse desafio? Quais os motivos que levaram você a desejar ser prefeita de Acará?

naya-nascimento-candidata-prefeita-acara-pa-entrevista-foto4-asom-10-06-2016Naya Nascimento: Eu tomei essa decisão porque não quero mais ver a população sofrer por causa de maus gestores. Eu chego nas comunidades, até mesmo porque eu moro na zona rural e atuo diretamente ajudando o povo carente, e deparo com crianças chorando com fome e pessoas doentes nos meus braços para eu socorrer. Isso dói muito, eu tento ajudar como posso pelo forte espírito de compaixão, mas têm problemas que a gente não consegue solucionar. São ações que estão fora do nosso alcance e eu vejo que não é isso que nós merecemos. O Acará não precisa de políticos que só pensam neles e esquecem do povo. Nós queremos os bons políticos fazendo boas ações. Esse maus políticos acabam ficando cada vez mais ricos com mansões, fazendas compras com dinheiro público e o povo só sofrendo cada vez mais. As crianças estão com fome por falta da merenda escolar, que não tem na escola. Muitas famílias não têm o que comer no café da manhã e essas crianças vão caminhado ou remando para a escola e, quando chegam lá, não tem merenda e passam fome. Quando os gestores fazem isso, eles estão arrancando o alimento das bocas das crianças. O outro ponto é a saúde, que também passa por muitos problemas. Quando os gestores desviam dinheiro da saúde, eles acabam arrancando na marra a vida do nosso povo. Isso é um crime e precisa ser combatido. Existem pessoas que não têm condição de sequer de comprar um remédio e veja lá pagar um tratamento de saúde! Isso me revolta e serve como incentivo para que, cada vez mais, eu avance e não desista dessa jornada.

 

Agência PRB Nacional: Como está a preparação para a campanha?

Naya Nascimento: Nós já estamos com 40 pré-candidatos a vereador. Nós estamos visitando todas as comunidades rurais, falando diretamente com as pessoas e isso tem contribuído bastante com o fortalecimento do nosso projeto. Nós estamos indo de porta em porta, fazendo caminhada, tanto na cidade como no interior. Não importa a dificuldade, vamos de moto, de carro, a cavalo, de canoa rabeta ou a pé. O importante é que vamos até à população e dessa forma estamos crescendo. Têm políticos que acham que basta ter muito dinheiro para ganhar a eleição, mas como não temos dinheiro, a gente conta primeiramente com a aprovação de Deus, sebo na canela e saliva na boca.

 

Agência PRB Nacional: O que você tem dito para as pessoas nessas visitas?

Naya Nascimento: Falo que existe uma esperança e um ponto principal para o povo, que é nosso sonho de viver para ver um Acará desenvolvido. Para isso, a questão principal passa pelo fortalecimento da agricultura. Nosso município é essencialmente agrícola e isso precisa ser uma prioridade. A partir do momento que o gestor do município de Acará injetar e investir na agricultura, ele vai acionar o desenvolvimento do município e contribuir para que as pessoas possam viver melhor e sem essa dependência que existe hoje da prefeitura.

 

Agência PRB Nacional: Boa parte do transporte é feito pelos rios que cortam o município. Com relação a isso, qual a realidade dos estudantes?

Naya Nascimento: O transporte em nosso município é muito precário e, para complicar mais a situação, o prefeito passa três meses para pagar o serviço de transporte escolar, digo pagar motoristas e aluguel de carros e barcos. Não para por aí não! Os alunos são obrigados a utilizar ônibus precários, caindo aos pedaços e, ainda sim, o prefeito demora três meses para pagar os prestadores de serviços. É muito descaso, não há respeito nenhum pela juventude. O governo mandou vários barcos e ônibus do programa Caminho da Escola, mas não estão sendo usados e eu, inclusive, tive conhecimento que nessa semana, uma dessas embarcações afundou aqui no porto da cidade por falta de manutenção. É um transporte que vem do governo federal e agora está no fundo do rio sem utilidade alguma.

 

Agência PRB Nacional: A sua trajetória na política começa lá em 2004 quando foi eleita vereadora. Como foi essa experiência na Câmara?

Naya Nascimento: Eu tive a felicidade de ser eleita na primeira eleição que disputei, isso me deu muita força. Além disso, tem um fato que eu gostaria de destacar: eu fui a única vereadora reeleita em 2008, pois nenhum dos outros nove vereadores conseguiram votos suficientes para voltar. Em 2009, tive a oportunidade de ser eleita presidente da câmara. Os meus dois mandatos como vereadora do Acará foi o contato direto com o povo durante os oito anos que estive na câmara municipal. Quando me perguntam porquê eu fui a única a ser reeleita, respondo que foi resultado do meu trabalho. Atuei diretamente em parceria com as comunidades. Peguei o meu salário de vereadora e utilizei para reformar e até construir escola no município. Fizemos muitas pontes, aberturas de estradas e até empréstimo eu fiz no banco, na época, para eu poder fazer esse trabalho. Eu sempre digo que Deus nos ajudava a fazer milagre. Tudo foi muito difícil, mas jamais deixei as dificuldades impedir meu trabalho. Trabalhei pelo povo de todo interior do município, mas minha atuação foi mais intensa nas comunidades em que eu tive uma votação expressiva. Eu tinha que dar uma resposta para aquele povo e fiz com o meu salário de vereadora.

 

Agência PRB Nacional: Nas eleições de 2012, você não disputou?

Naya Nascimento: Disputei sim, mas foi um ano muito complicado para mim. Eu voltei a me candidatar a vereadora e, no último dia de campanha, tive que substituir a candidata a prefeita do nosso grupo. Ela teve problemas com a Justiça e não pode ser candidata. No final da história, meu nome foi escolhido para substitui-la nas urnas, mas a minha candidatura a prefeita não foi aceita. De todo modo, obtivemos mais de 7 mil votos para prefeita e também fui votada para vereadora, inclusive, se tivesse continuado como candidata a vereadora, teria conquistado o terceiro mandato. Foi um aprendizado muito grande. Essa é a minha jornada de vida até aqui.

 

Agência PRB Nacional: Quem é Naya? Fale da sua história de vida.

naya-nascimento-candidata-prefeita-acara-pa-entrevista-foto2-asom-10-06-2016Naya Nascimento: Eu sempre digo que é importante o eleitor perguntar aos candidatos quem são eles, que história de vida eles carregam, onde moram, e qual a origem deles. Eu nasci  no Vale do Acará, na comunidade rural chamada Boa Vista. Fui criada na roça, fazendo carvão, farinha, amassando açaí, no tempo da lamparina, carregando água na lata com a cabeça para ter em casa. Lembro que tudo foi muito difícil, mas com muita dignidade e respeito pelas pessoas. Sou do tempo que se tomava bênção dos mais velhos e, criada assim, na lavoura, com 16 anos de idade, passei a dar aula na minha comunidade. Nesse tempo, era possível, quem tivesse um estudo mais ou menos, poderia ensinar às crianças. Nessa época, eu não tinha ainda o ensino fundamental completo. Para eu continuar estudando, eu tinha que viajar por uma hora de barco até Belém. Minha vida era muito corrida, mas eu tinha um objetivo. Antes eu trabalhava na roça pela manhã e meio-dia tinha de pegar o barco. Quando eu comecei a dar aula, eu ficava das 7 horas da manhã até as 11 horas na escola, para depois pegar o barco em direção à capital. Só que eu não tinha tempo de almoçar, era preciso escolher se eu comia ou pegava o barco. Eu preferia seguir viagem para não perder aula e avançar nos meus estudos. Dessa forma, eu consegui concluir os ensinos fundamental e médio, fiz um curso de enfermagem e depois me formei em Pedagogia. No Acará, eu trabalhei por 17 anos na minha comunidade como professora. Só saí para concorrer a vereadora em 2004.

 

Agência PRB Nacional: Me fala do seu início na política, como tudo começou?

Naya Nascimento: Eu comecei na política com oito anos de idade visitando o município com a minha mãe, que mais tarde se tornou a primeira vereadora da história do Acará. Ela trabalhava e apoiava, na época, o deputado Fernando Bahia e, depois, ele veio como candidato a prefeito do Acará vencendo a eleição. Então, a partir daí eu viajava muito com eles. Nessa época, o Acará tinha poucas estradas em condições do carro passar, era tudo feito por barcos, pelo rios. Eu visitava com eles todos os igarapés e as comunidades. A partir daí, a minha história na política começou, mas sem eu perceber que eu estava fazendo política e sequer que um dia eu seria candidata. Porque fazer política sincera é ajudar as pessoas de forma verdadeira, sem querer tirar vantagem do sofrimento do rosto. Eu realmente me importo com as pessoas e esse é o alimento que me faz acreditar na política e no poder de transformação do voto.

 

Agência PRB Nacional: Sua inspiração para seguir na política vem da sua mãe?

Naya Nascimento: Vem da necessidade de ajudar o povo e dela também. A minha mãe era agricultora e teve uma vida com muito dificuldade fazendo trabalho braçal e lutando para sobreviver do que tirava da terra. Ela sempre ajudou muito as pessoas e eu cresci aprendendo com ela a cuidar das pessoas na nossa própria casa. Ela levava muitas idosas ao médico e ajudava o povo no encaminhamento para aposentadoria. Então, eu aprendi com ela tudo que eu sou, uma pessoa guerreira na luta pelo povo de uma forma voluntária, sem cobrar nada ou pedir nada em troca. Devido a essa luta da minha mãe, ela entendeu que na política teria mais condições de ajudar as pessoas. Foi assim que ela entrou para a história como a primeira mulher eleita do município do Acará. Quando ela faleceu, há dois anos, o prefeito decretou luto oficial. Eu lembro com muito amor e felicidade que a minha mãe foi o ponto principal para eu entrar na política também.  Eu aprendi a fazer política com ela. Uma coisa que sempre acho lindo e tenho orgulho é por ela ter sido uma mulher honesta. Aprendi a honestidade com ela porque minha mãe nunca se corrompeu para ajudar político nenhum. Sabemos que existem políticos que trabalham e aqueles que só querem tirar vantagem e comprar a dignidade das pessoas.

 

Agência PRB Nacional: Antes de concluir nossa entrevista, pode deixar uma mensagem ao povo do Acará e para as republicanas de todo País?

Naya Nascimento: Eu quero dizer ao nosso povo do Acará e às mulheres do nosso PRB que, mesmo com esse cenário de descrédito na política e nos políticos, nós temos de continuar fazendo a nossa parte para mudar essa triste realidade. Hoje as pessoas não acreditam mais nos políticos, e sei que não é fácil acreditar nas pessoas, se realmente estão falando a verdade e se desejam trabalhar de boa-fé. Mas eu digo que nós devemos ter três coisas: primeiro, a esperança; segundo, a fé em nosso Deus e, a união, em terceiro. Falo isso porque, a partir do momento que a gente buscar a união, as coisas vão avançar. Eu faço aqui um convite a todas as mulheres republicanas para que possamos também ter união, fé e esperança na luta. Nós podemos, sim, fazer a diferença, mudar essa realidade e dar um basta nessa corrupção que tanto mal faz ao povo. Nós mulheres, podemos, sim, fazer um trabalho voltado para a população carente e humilde deste País. Acredito na força que temos. Nós somos capazes porque, além de tudo, somos guerreiras no dia a dia e, em muitos casos, trabalhamos mais que os homens. Por que digo isso? A mulher da zona rural tem de trabalhar na roça, tem de chegar em casa e trabalhar mais para cuidar dos filhos, marido e da família e, no nosso caso, que escolhemos a política, temos que cuidar dos interesses do povo. A mulher da cidade também não é diferente, ela trabalha o dia todo e ainda precisa de tempo para cuidar da família. Por tudo isso, nós somos guerreiras e capazes de fazer a diferença na política, pela nossa capacidade de superação e força.

 

Agência PRB Nacional: Naya, nós agradecemos pela atenção e desejamos que você continue a ajudar o povo do Acará a ter uma vida melhor.

Naya Nascimento: Obrigada, quero voltar aqui para contar sobre a nossa vitória e das coisas boas que estaremos fazendo para o povo do Acará.

Por Agência PRB Nacional
Foto: Arquivo Naya Nascimento

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest