Violência

Violência

“É preciso ainda a colaboração de outras instituições, como a escola e a Igreja, para que elas também sejam a fonte de divulgação de princípios éticos e universais”, defende Bulhões.

 

Meus amigos, é crescente a sensação de insegurança entre os brasileiros, tanto em sua vida pessoal, quanto em sua vida profissional.

Atingimos em quase todo o território nacional uma situação na qual a criminalidade impera com um sinistro quadro de assassinatos, sequestros, assaltos, roubos e tráfico de drogas e armas. A criminalidade no Brasil nunca alcançou dimensões tão alarmantes quanto nos dias de hoje!

O Brasil é um dos países que detêm uma das maiores taxas de homicídios no mundo. Paralelamente, crimes contra o patrimônio também tiveram um aumento significativo.

Amigos, a urbanização acelerada, com o crescimento desenfreado das cidades, as fortes aspirações de consumo, dificuldades no mercado de trabalho, má distribuição de renda e conflitos de valores são algumas variáveis que concorrem para tanto. Ninguém mais se sente seguro! Não há lugar protegido! As pessoas são humilhadas e desrespeitadas de todos os modos!

Criou-se uma dicotomia nas propostas de política pública que visam à redução da criminalidade: as que sugerem que o crime deve ser combatido com ênfase na repressão policial e as que argumentam que o comportamento criminal é um fenômeno oriundo principalmente das condições econômicas e sociais adversas a que está sujeita parte considerável da população.

A família, base da sociedade, é o grande desafio! Se a base está contaminada, o Estado em si é violento. Uma ordem duradoura de paz precisa de instituições que exprimam e consolidem os valores da paz. A instituição que corresponde, de modo mais imediato, à natureza do ser humano é a família. Só ela garante a continuidade e o futuro da sociedade.

Caros amigos, para que alcancemos sucesso na construção de um mundo de paz, superando o desafio aqui proposto, é preciso ainda a colaboração de outras instituições, como a escola e a Igreja, para que elas também sejam a fonte de divulgação de princípios éticos e universais.

Essas instituições, juntamente com a família, devem desempenhar, assim, um papel fundamental na promoção da cultura da paz e, consequentemente, da harmonia social.

 

*Antonio Bulhoes é deputado federal pelo PRB São Paulo

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest